Uma geração que enaltece o orgulho

Foto Quando olho para você, eu fico pensando em como as pessoas têm levado esse mundo. Olho os noticiários e é tanta falta de compaixão...

Foto
Quando olho para você, eu fico pensando em como as pessoas têm levado esse mundo. Olho os noticiários e é tanta falta de compaixão e dor. É tanta frieza. Temos vivido uma geração que disputa o pódio de quem ignora mais tempo. Uma geração que leva o orgulho acima que qualquer coisa. Onde ignorar significa interesse. Que esconder amor é sinônimo de ser forte. Eu já me vi assim. Mas Deus, eu não quero fazer disso parte de quem eu sou.
Sites e revistas contém matérias inteiras seguida de listas de como ignorar alguém e quanto isso revela sobre seus sentimentos por uma pessoa. Vivemos um momento em que joguinhos são muito mais valorizados que dizer a verdade. Na geração Whatsapp demorar o dobro ou o triplo para responder alguém é a arma certeira do cupido.
Quando eu olho para você, lembro que o tempo todo ouvimos frases do tipo “não demonstre o quanto você gosta de alguém”. Porque não? Se for por medo de se machucar eu quero dizer que uma hora ou outra vamos ser feridos por alguém e vamos continuar vivendo, afinal. A decepção sempre fez parte do nosso lento processo de crescimento. Faz parte do ciclo natural da vida. Qual a necessidade de ignorar o que te faz ser humano?
Não existe coisa mais gostosa do que receber uma mensagem “chegou bem?” das pessoas que você ama. Mãe, pai, irmãos, parentes, namorado, amigos. Todo esse ciclo fortalece quem somos. Não existe nada melhor do que sentir o olhar sincero de alguém que te cuida. Ouvir o som da risada de alguém especial. Receber um abraço num momento qualquer, como forma de comemoração ou agradecimento. São sustentos da alma.
Eu não tenho planos de de ir embora. Quero escolher a parte melhor. Eu não tenho planos de não corresponder aqueles que demonstram seu amor. Muito menos ignorar meus sentimentos. Menos ainda demorar o triplo para responder uma simples mensagem. O importante mesmo é sentir. Sentir o que há dentro de você. Sentir-se amado.
Quando eu olho para você e todos desse mundo eu tenho um forte desejo de dizer que espalhe amor. Que ensine sobre ele. Que seja recíproco. Que seja amor, o tempo inteiro. Que coloque essa geração num lugar melhor. Precisamos disso. Precisamos dele.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Seus textos como sempre, reflexivos e cheios de razão "A decepção sempre fez parte do nosso lento processo de crescimento. Faz parte do ciclo natural da vida". Adorei, Dani! Beijos da Thamy <3

    ResponderExcluir