Tecnologia do Blogger.

O amor sobrevive é de esperas

by - 20:33

Fonte: Pinterest
Olhamos depressa demais para tudo. Não sabemos demorar o olhar para aquilo que vemos. Olhamos, mas sem apreciar o que está a nossa volta. O bom da vida é a partilha das pequenas coisas. O simples tende a ser belo. E o belo se constrói com pequenos gestos. Assim surge o amor. Através de gestos simples, mas que gera cuidado.

O amor é gerado entre uma pessoa e outra. Ele é um processo diário. Precisa ser cultivado, como os jardins. Preparar o território para receber as sementes no momento certo. Sem pressas, porque por vezes é no processo que se esconde a riqueza das descobertas. O amor sobrevive é de esperas. A gente deve viver cada passo do processo como parte da obra final. Obras são amores. Silêncio na hora certa, agradecimento pelo zelo de alguém, um abraço, uma despedida calorosa. O amor é criativo.
Fonte: Pinterest
O amor é assim. Mesmo quando não precisamos do outro, nós o permitimos chegar. A presença do outro deve ser mais importante que sua utilidade em nossa vida. Amor que se estabelece na utilidade que o outro tem corre o risco de se perder num futuro próximo. Amar necessita de demora para olhar com cuidado aquilo que está sendo entregue em suas mãos.

Quando o coração estiver preparado para olhar demoradamente e em silencio, o território estará pronto para receber o amor. Quando encontramos o amor, é natural que o queiramos para sempre. Mas amar precisa de total dedicação. Paciência para os dias turbulentos e sofridos. Calma para viver o processo natural do florescimento. Amar é simplicidade.

O amor é o desejo de permanência. É a vontade de eternizar o outro na nossa vida. É o entrelaço de duas pessoas que descobrem juntas a força de permanecer. Amar sofre o mesmo processo que as sementes. Ele necessita de tempo dentro de nós para que floresça bonito. Amar é viver o tempo das esperas.

You May Also Like

1 comentários

  1. Lindo texto Dani. Me inspirou bastante a amar mais quem está ao meu lado e não ter pressa.

    ResponderExcluir