Até que seja muitos anos

Fonte: Pinterest Enquanto eu pulo da cama quando o despertador toca, você puxa minha mão e pede para eu ficar mais um pouco. Eu resi...

Fonte: Pinterest
Enquanto eu pulo da cama quando o despertador toca, você puxa minha mão e pede para eu ficar mais um pouco. Eu resisto e começo a vestir minha roupa, você continua deitado me olhando como se aquelas duas horas não bastassem. E não bastam mesmo, mas é que fora do nosso quarto existe o mundo real que não espera mais cinco minutos. Seu olhar me adverte a parar de fazer o que estou fazendo e voltar para a cama. Não adianta, preciso trabalhar.

Mas aí você senta na beirada da cama e me puxa fazendo cair sentada no seu colo. Olha nos meus olhos e me pede um último abraço do dia. Dou de bom grado e já não quero sair. O tempo parou novamente e já não preciso mais dar satisfação para o meu chefe e nem você para o seu. O tempo dentro do nosso abraço fica em câmera lenta e a nossa volta tudo está acelerado.

A parte que mais gosto quando nos vemos é aquele momento que eu fecho os olhos e quando os abro você está olhando para mim. E o seu sorriso se abre junto ao meu. A gente deita de novo e não faz mal perder um dia de trabalho. Depois a gente explica que teve uma intoxicação alimentar e não conseguia sair de casa.

Deito ao seu lado e você estica as pontas dos dedos e passa sobre meu rosto me acariciando. Observa meus olhos, minha boca e até mesmo a meu nariz desproporcional. E você sorri quando eu sinto cocegas assim que seus dedos chegam aos meus cilhos. A gente ri junto porque para ser divertido não precisa ser cômico. Sem nem mesmo esperar as lagrimas descem dos seus olhos e logo do meu. O nosso amor transborda naquelas linhas d’águas.

A gente promete não ir embora. Promete ficar para sempre. Promete lembrar da promessa de dedinho quando a raiva explodir dentro de nós. Promete ficar mais um pouco até que sejam muitos anos. E do silencio adormecemos para acordar depois no lugar que deveríamos estar todos os dias. 

You Might Also Like

0 comentários