A única coisa que nos resta

Fonte: Google Enquanto eu escrevo, você deve estar em algum bar com as amigas apostando quem vira o primeiro drink. Enquanto escrevo, v...

Fonte: Google
Enquanto eu escrevo, você deve estar em algum bar com as amigas apostando quem vira o primeiro drink. Enquanto escrevo, você e suas amigas dançam numa balada. Um cara deve estar querendo te paquerar nesse exato momento enquanto estou digitando estas palavras. Ele deve ter recebido um sorriso seu e vocês dançam juntos. Vocês saem da balada e começam uma conversa qualquer. Provavelmente você esta se perguntando quando ele vai te beijar e mexe no cabelo como sinal para ele ir em frente. Enquanto escrevo como tentativa de sair do tédio, você se diverte com um cara que mal conhece. É que a nossa forma de seguir em frente com a vida foi diferente e eu esperava exatamente isso de você.

Eu pedi pizza essa noite e tenho certeza que a única coisa que você comeu hoje foi uma barra de cereal antes de sair de casa. E agora deve estar tropeçando os pés sem saber onde está porque não comeu nada que segurasse seu estomago para a bebida que ia ingerir essa noite e em todas as outras. Enquanto escrevo você deve ter entrado num táxi com aquele cara que acabou de conhecer e não sabe nada sobre a sua vida. Nem que todas as noites de sexta acontecem a mesma coisa, só que com caras diferentes. Você deve ter chegado ao seu destino e bem, eu continuo escrevendo.

Suas amigas vão te ligar perguntando onde você se meteu e aí você conta da novidade. Antes de desligar um recado delas: “não se esquece de nos contar amanhã”. Enquanto escrevo, você pensa que gostaria de contar outra coisa a elas, mas não tem coragem, porque elas não entenderiam. Elas não são suas amigas de fato e eu sempre te disso isso, mas você nunca me escutou. Isso não é da minha conta mais, então... enquanto escrevo olho no relógio e vejo que está quase na hora. Do outro lado da cidade o cara pergunta o que há com você e a resposta é sempre a mesma para todos: não é nada. Então ele esquece e te beija, mas dessa vez você não estava mexendo no cabelo.

Enquanto como minha pizza e penso no que escrever no próximo parágrafo do outro lado da cidade você toma um táxi de volta para casa e agora é questão de segundos. Enquanto recomeço a escrever meu celular toca e eu já sei. Seu nome na tela me faz pensar quando será a última vez que isso irá acontecer e quando eu decido atender descubro que será quando eu tiver coragem de desligar uma ligação sua numa sexta-feira à noite.

Não digo nada nem você, mas eu escuto a sua respiração e eu sei que você pode me escutar também. E quando eu decido falar alguma coisa, você apenas diz: é engano, desculpe. E desliga, como em todas as noites de sexta. Então eu descubro que essa é a única coisa que nos resta e exatamente por isso atento suas ligações. Eu só queria que você escutasse minha voz também antes de desligar, mas eu nunca vou dizer nada.

You Might Also Like

9 comentários

  1. Uau, forte hein? Meio depressivo mas acontece demais esse tipo de coisa e esse tipo de sentimento...eu mesma já passei por algo assim e é horrivel saber que a pessoa está lá enquanto você está suprimindo sentimentos do outro lado Amei o texto.

    www.fashionworldbykaren.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, feliz ano novo!

    Gostei da espontaneidade do seu texto, nunca passei por isso, mas tento entender essa situação...

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Caramba que lindo! Podia muito ver fazer parte de um livro incrivel e romantico! *-*
    Beijos, Ana do dia ♥

    ResponderExcluir
  4. Dava pra virar um livro -q

    MadnesShoujo | [visite]

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que texto! Adorei!

    Beijos! | @steffanylopess
    www.soentreamigas15.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei o texto (apesar de ser meio triste, hahah).
    Um beijo! <3
    Blog | Canal no Youtube | Instagram

    ResponderExcluir
  7. Muito bom, palavras mega lindas! Se com pouca idade vc já escreve bem assim imagina daqui há alguns anos hein? =)
    Beijão!
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
  8. God, meus olhos marejaram. Serio! Que lindo *-*

    karolinando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir