Tecnologia do Blogger.

Das coisas que ela não fala

by - 12:55


Você diz que ela não esconde nada de você rapaz, mas esconde. Ela esconde segredos que nem a pessoa que ela mais confia sabe. Na verdade, ela não confia tanto assim nas pessoas ao ponto de despejar seus sentimentos. Ela não conta porque sempre vão pensar que é sobre alguém e nem sempre é, mesmo que doa no mesmo lugar. Ela não conta porque tem medo de se sentir vulnerável, coisa que nunca gostou de ser. Ela é iceberg moço, ou parece ser. Ela criou uma distancia relativamente boa entre seus sentimentos e as pessoas, porque cansou de tanta ferida. Ela não diz por que dizer dói mais e ainda tem ferida aberta.

Ela não fala porque prefere guardar seus vazios para si mesmo. Quem gostaria de falar sobre vazios? Só ela mesma, que coleciona os mais variados tamanhos de buracos. Ela não conta que gostou de você e tem medo de admitir a si própria. Ela não conta que ta toda confusa, que não sabe o que pensar e que treme quando te olha. Ela não conta que você desarmou-a completamente. Mas ela não diz por que não quer que você e nem ninguém saiba que ainda é capaz de amar, de sentir algo. Não conta pra não ter que explicar depois. Ela não fala sobre seus próprios sentimentos, porque prefere o silencio, prefere que nem tente tocar suas feridas. Por isso ela não fala, guarda tudo.

Ela guarda porque não quer ser desarmada. Guarda para prevenir. Guarda porque é mais fácil guardar que transformar em palavras o que sente, nem todo mundo vai entender mesmo. Nem você rapaz que diz está disposto a ajudá-la, entenderia o que tem dentro dela. Ela não conta por isso: porque não tem ninguém nesse mundo que entenderia o caos que ela é. Ela não conta que ainda sente, porque prefere fingir sentir que realmente sentir. Ela não conta os motivos que a fizeram desapegar, mas isso você sabe rapaz, ela deixou escapar uma vez sobre os olhos tristes que não sorriem quase nunca, e você descobriu. Ela desapegou porque tanta dor anestesiou e não sentiu mais nada a partir de então.

Ela não conta que sonha toda noite, mas acorda desacreditada. Não conta que sempre perde alguma coisa quando deixa alguém entrar. E ela deixou você entrar, sem que percebesse e agora ela ta perdendo. Ta perdendo a força de ser forte, ta perdendo o controle e odeia perder o controle dos sentimentos. Ela não diz que ta difícil pra caralho, porque não quer a pena dos outros vendo seus fardos pesados. Das coisas que ela não fala, não falou sobre o que ela gosta. Não falou que ama parque de diversões e se derrete quando vai ao carrossel. Ela não falou que alguns dias são mais difíceis que outros. Ela não falou que afasta as pessoas, não falou que sente falta de quando sentia.

Ela não falou que no momento certo a parte boa vai aparecer, só precisa de mais um pouco. E não falou que vazios também transbordam, que sempre achou bonito as pessoas que se mantém em silencio, por isso se tornou uma delas. Ela não falou que foge mesmo quando o problema é dentro dela. Ela não disse que não encontrou o que procurava e mesmo sem encontrar desistiu. Ela não contou que não quer falar da vida, só quer deixar acontecer do jeito que deve ser. Ela não contou porque mudou, mas aposto que você sabe: apanhou demais e cansou.

You May Also Like

2 comentários

  1. Olá!

    Seu texto está muito lindo, me emocionei mesmo. Muito bom pra refletir!!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Lindo mesmo, muito profundo.
    Sim...quase me esqueço. Tem post novo em meu blog, se quiser ver...

    http://renatacaline.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir